NOTÍCIAS
Início | Notícias

Ana Free
13/01/2012
“Sou obcecada com a reciclagem. Quando deito uma revista ao lixo, sinto culpa durante imenso tempo”
Carlos Teixeira Gonçalves
Ana Free não tira o sorriso da cara. Desde o primeiro contacto, fala imenso, gesticula e mistura inglês com o português (vive em Londres). Queríamos uma entrevista com a cantora portuguesa que fez furor no Youtube, nos tempos em que o Youtube não era assim tão famoso, porque ela se associou ao InAqua, um fundo de conservação dos oceanos. Ana Free marcou com o Planetazul junto à praia, em Cascais, e descobrimos que o seu álbum de estreia, que tem sido adiado desde 2008, sai em Abril. Também descobrimos que a cascalense perde a cabeça quando vê alguém que não faz reciclagem, mas assume que ainda tem “muitas dúvidas”, nestas questões de meio ambiente. Mais importante que isto tudo, ofereceu-nos um refrigerante e uma boleia para a estação de comboio. Fica o resumo de uma bela tarde de sol em Cascais.
Associaste-te ao Oceanário e ao National Geographic Channel num concerto, em Novembro, no qual 30 por cento das receitas reverteram para o fundo InAqua, que trabalha na conservação dos oceanos. Como surgiu o convite?

Já tinha ouvido que o Oceanário estava à procura de uma “madrinha”, alguém que desse a cara, e gostei muito da ideia. Falei com eles directamente e disse: “Olhe, contaram-me que querem fazer isto e eu gostava de fazer, se vocês quisessem”. Claro que é voluntariado, mas para mim é muito importante. Eu cresci em Cascais, ao pé do mar... Decidi ir atrás dessa causa.

Como correu o concerto?

Correu bem. Basicamente, a minha actuação no Hard Rock foi também para tentar explicar às pessoas, comunicar ao público, que este fundo existe, que é importante transmitir essa mensagem da conservação dos oceanos e do Oceanário de Lisboa. Dentro do Oceanário há montes de coisas que educam as crianças... e os adultos também! Eu cada vez que vou lá aprendo alguma coisa nova. Foi com essa intenção que fiz o concerto.

Há mais iniciativas preparadas dentro desta parceria?

Nós estivemos antes do ano novo a falar de várias coisas mas, obviamente, não posso prometer nada. Mas [a reunião] deu ideias giras. Uma música, talvez, foi uma das coisas que se falaram.

Há pouco dizias que cresceste aqui, perto do mar. Pergunto-te se a preservação dos oceanos é um tema que te preocupa?

Preocupo-me mais com a extinção de certos animais, por exemplo, as tartarugas. Eu faço muito scuba diving (mergulho), então estou habituada a ver e gosto de espreitar os recifes. Já mergulhei em vários sítios do mundo e é sempre uma experiência fantástica. Tenho pena de pensar que isso um dia podia ficar destruído e desaparecer. Depois lê-se, no Oceanário, os factos assustadores sobre os sacos de plástico, de quantos estão no mar... As pessoas deitam muito lixo ao mar e esse aspecto preocupa-me.

Alguma vez te vamos ver associada a outra campanha deste género, de conservação, preservação do ambiente?

Eu acho que sim, se fizer sentido e der tudo certo. Tenho todo o gosto em proteger o mundo em que vivemos. Mas tenho uma afinidade especial com o mar, por isso é que esta campanha foi uma coisa muito natural.

Antes da entrevista estavas a falar da reciclagem, pois há pessoas que não fazem. E dizias que achavas essa atitude estranha. Que tipo de coisas fazes então para proteger o meio ambiente?

Eu sou um bocado obcecada com a reciclagem. É o exemplo mais óbvio, a coisa mais básica que uma pessoa pode fazer, é ter essa pachorra de se habituar. É um hábito que se aprende, não é nada de mais. Eu quando tenho de ir deitar uma revista ao lixo normal, bem... sinto ali uma culpa durante imenso tempo. Faz-me confusão as pessoas que não conseguem pegar num papel e pôr na reciclagem, é preguiça. Ainda por cima sinto que estão a take advantage [aproveitar-se] do mundo e não estão a retribuir nada. Pronto. Mas fico contente de Portugal ter uma boa campanha de reciclagem, estou muito orgulhosa, não vejo isso em muitos países onde passo. Sinto que está a crescer, a crescer, a crescer.
• Água
• Ambiente
• Biodiversidade e paisagem
• Construção e arquitectura
• Energia
• Resíduos
• Sustentabilidade
• Ciência
SABER
Pela Eurodeputada Maria da Graça Carvalho
AGENDA

9 a 10 Abril de 2014.
 
BLUE LIFESTYLE
• Ambiente
• Decoração - tendências
• Hotel
• Moda - shopping
• Moda - tendências
• Noite&Dia
• Restaurantes
• Spa
• Viagem
Vintage
Móveis de outros tempos
 
SONDAGENS
SUGESTÃO

Livro
Guide to Natural Housekeeping
 
Canais
Directórios
Apoios
My Portal
Quem Somos